Juízes e procuradores resistem à reforma trabalhista